O transporte urbano perde um de seus representantes

Setor de transporte urbano de passageiros perde um de seus interlocutores

Considerada como uma das mais importantes vozes do segmento do transporte coletivo urbano brasileiro e conhecedor como poucos dos meandros que movem os sistemas, Otávio Vieira da Cunha Filho faleceu recentemente, deixando um legado de defesa contundente do setor frente aos principais desafios, como a qualificação dos serviços e a questões relacionadas com os crescentes custos operacionais.

Otávio era presidente-executivo da NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) desde 1993, tendo sido diretor do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belo Horizonte (Setra/BH) e presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luís (SET/São Luis). Ele ainda participou de Comissão Especial criada pela Presidência da República para reduzir as tarifas e melhorar o serviço de transporte coletivo nas cidades brasileiras, entre tantas atividades de um legado de grande relevância para o transporte público coletivo.

Formado em Administração e Ciências Contábeis, esteve a frente da NTU, sustentando, com argumentos e razões, a reestruturação do transporte coletivo urbano no Brasil, por meio da criação de um novo marco legal, capaz de devolver a eficiência a esse serviço e a tão desejada tarifa módica. Ele tinha 81 anos.

Imagem – Divulgação

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.