Ônibus elétrico no outro lado do mundo

A cidade neozelandesa de Auckland recebeu o novo ônibus elétrico produzido pela ADL, com chassi da BYD

A fabricante britânica de ônibus Alexander Dennis (ADL), disponibilizou recentemente seu modelo 100% elétrico para testes e avaliações na cidade neozelandesa de Auckland. O veículo tem uma configuração diferenciada visando o menor sobre peso em sua estrutura, pois conta com três eixos e capacidade para 78 passageiros, tendo um comprimento de 12,60 metros.

O gerente de Descarbonização da Metro Transporte de Auckland, Darek Koper, disse que a introdução deste novo ônibus elétrico de três eixos completa a fase de testes com veículos de emissões zero de poluentes. “Esta frota de teste oferece uma gama de opções para os operadores de ônibus da Nova Zelândia e vai permitir ao operador que ele alcance confiança nas novas tecnologias. Também permitirá que eles entendam os requisitos operacionais e os custos para as futuras decisões de aquisição, ao mesmo tempo que apoia a transição acelerada para ônibus com emissão zero em Auckland. Temos o prazer de nos associar à Mercury (empresa de energia local) e ao nosso operador inicial, Ritchies, para se juntar à revolução elétrica”, afirmou Koper.

Outros ônibus elétricos produzidos pela ADL para a Nova Zelândia já completaram mais de um milhão de quilômetros de operação. Essa nova versão apresentada ao mercado local, Enviro200EV XLB, tem chassi com tração elétrica da BYD e será construído na Nova Zelândia por meio da parceira da ADL com Kiwi Bus Builders, apoiando a transição daquele país para uma frota de ônibus descarbonizados em 2035.

Imagem – ADL

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.