Direto do túnel do tempo

A nostalgia no setor rodoviário bate a porta da imprensa segmentada

A diplomacia nunca foi tão bem representada como o Diplomata das estradas. Perdoem-me pelo trocadilho, mas a antiga carroçaria rodoviária que levou o nome de Diplomata, produzida pela extinta marca Nielson (hoje Busscar), foi uma referência no segmento brasileiro do transporte rodoviário de passageiros, concorrendo, palmo a palmo com as carroçarias da fabricante gaúcha Marcopolo.

Em suas várias versões, o Diplomata foi reconhecido pelos traços ímpares, onde se destacavam elementos e componentes que valorizavam a estética, conforto e a segurança. A encarroçadora catarinense sempre buscou desenvolver o próprio know-how para conquistar maior presença no mercado brasileiro, dispondo de produtos afeitos à operação otimizada.

Pelo Brasil, várias foram as transportadoras que tiveram em suas frotas o Diplomata configurado com chassis 4×2 ou 6×2, de motorização dianteira ou traseira. Nesta publicidade, da década de 1980, a então Nielson ressalta o seu modelo com a série Super para atender as necessidades básicas, segundo critérios de economia, durabilidade e conforto.

Imagem – Reprodução Revista Transporte Moderno

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.