Em Manaus, o O-500 Super Padron conquista os operadores

Os veículos foram comercializados pelo Grupo Mardisa, concessionário Mercedes-Benz da cidade, e receberão carroçarias urbanas da marca Marcopolo, com previsão de início de operação ainda no primeiro semestre deste ano

As operadoras urbanas Auto Ônibus Líder, Expresso Coroado, Vega Manaus e Via Verde, todas da capital do Amazonas, aprovaram e adquiriram 15 novos chassis urbanos O-500 Super Padron, da Mercedes-Benz, para a renovação de suas frotas. Assim, a Auto Ônibus Líder adquiriu três unidades, a Expresso Coroado outras três, a Vega Manaus Transporte de Passageiros comprou quatro e a Via Verde Transportes Coletivos ficou com cinco chassis.

Os veículos foram comercializados pelo Grupo Mardisa, concessionário Mercedes-Benz da cidade, e receberão carroçarias urbanas da marca Marcopolo, com previsão de início de operação ainda no primeiro semestre deste ano.

Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, comentou que a Mercedes-Benz tem muito valor a agregar ao dia a dia das empresas de Manaus, seja em desempenho e economia operacional, em capacidade de transporte ou em conforto e segurança para passageiros e motoristas. “A demonstração desse ônibus e, principalmente, a disponibilização para uso em operações regulares das operadoras foram de extrema importância para que os clientes locais pudessem constatar, na prática, tudo aquilo que apresentamos como diferenciais do produto. Com os modernos produtos da nossa marca, essa renovação de frota traz melhoria na mobilidade e na qualidade de vida no transporte para a população de Manaus, assim como ocorreu recentemente com Goiânia, que escolheu o Super Padron para o novo BRT da Região Metropolitana”, disse o executivo.

Para a montadora, seu ônibus urbano O-500 Super Padron reflete o seu objetivo de atender permanentemente às necessidades dos clientes em todas as circunstâncias. Ele é um produto que se posiciona entre o O-500 M 4×2 para carroçarias de 13,2 metros e o articulado O-500 MA 6×2 de 18 metros, a fim de ampliar a mais completa linha de ônibus.

Trata-se de um modelo que foi desenvolvido para carroçarias com até 14 metros de comprimento e com capacidade para cerca de 100 passageiros, podendo transportar a mesma quantidade de pessoas que um modelo 6×2 de 15 metros, da concorrência. O chassi pode receber carroçarias com até 5 portas (3 à direita do motorista e 2 à esquerda). Devido ao motor na traseira, há um aumento de espaço na área dianteira interna do ônibus, o que facilita o embarque e o desembarque de passageiros. Isso agiliza a operação e garante acessibilidade aos usuários. “A queda no volume de passageiros do transporte coletivo, causada pela pandemia, antecipou a chegada do Super Padron ao mercado. Com essa solução, oferecemos às empresas um modelo que pode operar de acordo com a demanda atual de passageiros, tanto nos momentos de pico, quanto de entrepico, otimizando custos operacionais”, observou Walter.

Imagem – Divulgação

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.