Grande Recife escolhe ônibus Mercedes-Benz

O negócio reforça o êxito do trabalho que a montadora desenvolve na região

O Grupo Paulo Chaves, operador do transporte coletivo de Recife (PE), adquiriu 170 novos ônibus para a renovação de sua frota. Os veículos possuem chassis OF-1721, da Mercedes-Benz, sendo 85 para as empresas Caxangá e 85 para a Metropolitana. Ambas atuam no transporte urbano e metropolitano da Grande Recife, com presença na própria cidade de Recife e, também, em Olinda e Jaboatão dos Guararapes.

O negócio reforça o êxito do trabalho que a Mercedes-Benz desenvolve na região, visando maior aproximação com clientes. Por meio de seu Center Bus, a montadora, líder de mercado, ressalta que é dado todo apoio ao cliente, desde o processo de vendas até o treinamento de seus motoristas e mecânicos, além da disponibilização de oficinas volantes, devidamente equipadas, para atender às necessidades de assistência técnica dos frotistas onde eles precisarem.

Segundo Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil, trata-se de estrutura voltada exclusivamente para ônibus, na qual os clientes encontram uma equipe de profissionais treinados para tal finalidade, com gerentes, vendedores e assessores ao frotista. “O modelo OF-1721 é nosso campeão histórico de vendas, veículo que oferece robustez e resistência nas severas operações do transporte de massa. Além disso, os ônibus da nossa marca são reconhecidos no mercado pelo reduzido consumo e baixo custo operacional, contribuindo para a obtenção da rentabilidade desejada pelos clientes e pelo ótimo nível de conforto e segurança que oferece aos usuários e ao motorista”, disse o executivo.

Já Paulo Chaves Júnior, diretor-executivo do Grupo que adquiriu os novos ônibus, afirmou que nos últimos 10 anos, dos 45 do Grupo, só houve aquisição de produtos Mercedes-Benz, sendo que a frota em Recife chega a 700 ônibus, 380 da Caxangá e 320 da Metropolitana. “Além do desempenho muito bom, o OF-1721 é um veículo que nos traz bom resultado em termos de consumo, o que é essencial devido ao custo do diesel. Ele também nos proporciona uma manutenção simples. Todos os mecânicos entendem bem e, com isso, não há demora na oficina, garantindo disponibilidade dos ônibus para a operação e, consequentemente, para os usuários. Outra importante vantagem da padronização da frota com o modelo é que isso nos traz redução de custos com peças”, observou.

Todos os chassis receberam carroçarias da encarroçadora gaúcha Marcopolo.

Imagem – Divulgação

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.