Nas alturas e movido a eletricidade

A Van Hool produz a versão rodoviária com dois pisos e movida a diesel desde 1982 e já ultrapassou a marca das três mil unidades fabricadas

Prestes a completar 75 anos de atividades, a fabricante belga de ônibus Van Hool dá um importante passo rumo a eletrificação em sua gama de produtos ao apresentar o inédito veículo rodoviário com dois pavimentos movido por um propulsor elétrico.

Destinado para o mercado norte-americano, o modelo TDX25E, 100% elétrico a baterias, tem capacidade para 69 passageiros (18 no piso inferior e 51 no superior), com autonomia de até 500 km, dependendo das condições climáticas e da topografia da rota. Há um ano, a Van Hool enviou o seu primeiro ônibus elétrico 100% com bateria, o CX45E, para os Estados Unidos e, desde então, 22 unidades já foram vendidas. Agora, a empresa demonstra, mais uma vez, a sua inovação a partir da sua vasta experiência em sistemas com tração elétrica para o transporte coletivo.

Nas últimas décadas, a Van Hool produziu mais de 1.200 veículos com propulsão elétrica (célula a combustível, trólebus, bateria e híbrido). Filip Van Hool, CEO da empresa belga, disse que os clientes americanos reagiram com muito entusiasmo às experiências operacionais com o primeiro ônibus rodoviário elétrico a bateria. “Isso nos levou a começar a trabalhar rapidamente no desenvolvimento de uma tração elétrica para um veículo com dois pavimentos, que tem uma capacidade maior de passageiros. Nossa experiência com sistemas de acionamento elétrico no passado e, recentemente com o CX45E, realmente nos ajudou com o rápido desenvolvimento e testes abrangentes do mais novo veículo, o TDX25E”, observou ele.

A Van Hool produz a versão rodoviária com dois pisos desde 1982 e já ultrapassou a marca das três mil unidades fabricadas. “Desde 1982 produzimos esse tipo de ônibus. Vinte e cinco anos depois – em 2007 – enviamos os primeiros veículos para os Estados Unidos. E agora, 15 anos depois, estamos lançando o primeiro ônibus desse tipo 100% elétrico com bateria do mercado norte-americano. Este é um segundo mercado doméstico para Van Hool e em nenhum outro lugar do mundo a demanda por nossos ônibus rodoviários com dois pavimentos é maior do que nos EUA. Globalmente, Van Hool vendeu mais de 3.000 unidades em 19 países diferentes”, disse Filip Van Hool.

Tanto o CX45E quanto o novo TDX25E usam, em seus componentes elétricos, o trem de força da marca Siemens e as baterias produzidas pela empresa Proterra.

Imagens – Divulgação

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.