Produtividade em foco

A empresa produz peças plásticas automotivas para os segmentos agroindustrial, movimentação de terra, automobilístico, caminhões e ônibus, utilizando-se de alta tecnologia, com maquinário de última geração

A Inbrasp (Indústria Brasileira de Plásticos), uma das empresas do Grupo Caio, e com mais de 10 anos de atividades, foi habilitada para participar do Programa Rota 2030, por meio do Programa A3 – Alavancagem de Alianças para o setor Automotivo. O Rota 2030 é um programa criado pelo governo federal para desenvolver o setor automotivo, com o objetivo de ampliar, gradualmente, a inclusão da indústria automotiva brasileira no mercado global, por meio da exportação de veículos e autopeças.

A empresa produz peças plásticas automotivas para os segmentos agroindustrial, movimentação de terra, automobilístico, caminhões e ônibus, utilizando-se de alta tecnologia, com maquinário de última geração. Fábio Rocha, diretor do Senai Botucatu, ressaltou que a fabricante concorreu nacionalmente com outros 78 projetos e é a única da região a conquistar essa consultoria em duas de suas unidades fabris. “São 1.200 horas de capacitação e consultoria, que totalizam 240 mil reais investidos por meio de recursos do Rota 2030 Hans On – Produtividade e Digitalização. É uma grande satisfação para a equipe do Senai participar desse importante passo para a evolução da Inbrasp”, comentou ele.

Já Diego Teixeira, diretor da empresa, afirmou que os envolvidos com a rotina manufatureira receberão a consultoria de um time de profissionais especializados em Lean Manufacturing (manufatura enxuta) e gestão de risco, com metas de aumento de produtividade e combate a desperdícios como superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos. “É muito importante que todos nós, colaboradores da Inbrasp, possamos permanecer unidos e engajados para absorver e aplicar todo o conhecimento que teremos acesso nos próximos meses. Agradecemos ao Senai Botucatu pela parceria e compromisso com o aprendizado que tanto agrega para a indústria”, observou.

Imagem – Divulgação

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.