Econômico e seguro

O que também chama a atenção do novo pneu é a tecnologia desenvolvida e patenteada pela Michelin, por meio da presença de quatro sulcos

A Michelin, umas das mais tradicionais fabricantes mundiais de pneus, lançou seu novo pneu, modelo 295/80 R22.5 X MULTI ENERGY Z, indicado para o transporte rodoviário de passageiros, e que pode ser instalado em todas as posições, sendo otimizado para eixos direcionais e aplicação nos mais variados tipos de veículos. Outro detalhe do novo produto refere-se à redução do consumo de combustível, com índice alcançando uma média de 4,4%, por meio do teste auditado pelo instituto independente DEKRA, em relação à média dos principais concorrentes da categoria (baseado em teste de consumo de combustível auditado em 2019, na dimensão 295/80 R22.5 em ônibus rodoviário comparando Michelin X MULTI ENERGY e a média dos seus principais concorrentes).

De acordo com a marca, o lançamento é ideal para clientes que valorizam a redução de consumo de combustível. “É indicado para aplicação no uso rodoviário, seja em autoestrada ou regional, sendo um produto realmente desenvolvido para as estradas brasileiras”, afirmou Alessandra Rudloff, diretora de Marketing da Michelin América do Sul.

Ainda, segundo a fabricante, o novo pneu apresenta a já conhecida tecnologia MICHELIN X Core que, desde 2014, tem seus benefícios comprovados devido ao exclusivo composto interno de alta tecnologia e à proteção em nylon em volta do aro. Também, como grande novidade, é a tecnologia Infinicoil, que reduz significativamente a resistência ao rolamento, contribuindo para uma expressiva redução do consumo de combustível, preservando o rendimento quilométrico e a segurança.

O que também chama a atenção é a tecnologia desenvolvida e patenteada pela Michelin, por meio da presença de quatro sulcos, sendo dois abertos e dois ocultos a serem expostos ao longo de sua 1ª vida, garantindo o mesmo nível de aderência durante a sua utilização, mantendo um alto nível de rendimento quilométrico. Nesse caso, o desgaste é mais lento e uniforme da banda de rodagem, tendo maior aderência em solo seco e molhado, além de reduzir danos causados por perfurações na banda de rodagem devido aos sulcos mais fechados.

Imagem – Divulgação

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.