A motorização Euro VI está chegando

A Scania, que completa 65 anos de Brasil em 2022, traz para o mercado sua nova geração de ônibus

Largando na frente. No setor brasileiro de ônibus, a Scania foi a primeira a revelar seu novo conceito de motores adequados com a norma Euro VI ou Proconve 8, que estará em vigência a partir de janeiro de 2023, promovendo uma significativa redução das emissões poluentes por intermédio de uma tecnologia mais moderna. Além dos propulsores, a montadora enfatiza a nova estrutura tecnológica de seus chassis e um modelo de negócios que seja atrativo e adequado aos seus clientes.

Reforçando o seu compromisso em liderar a transição para um sistema de transporte mais sustentável, a nova geração de ônibus, que estreou há apenas três anos na Europa, traz, segundo a marca do grife, o melhor ônibus Scania de todos os tempos, em termos de produtos, serviços, eficiência energética, tecnologias avançadas e viáveis, e sistemas eficazes para uma moderna e rentável gestão da operação.

Dentre as novidades incorporadas em seus veículos estão os motores com sistema de injeção múltipla XPI e lay shaft brake (troca de marchas 45% mais rápidas), evolução do sistema de segurança ADAS e novos sensores (alertas de ponto cego e de pedestres), atualizações das caixas de câmbio Scania Opticruise (rodoviários) e ZF EcoLife 2 (urbanos), chassis mais leve e novo eixo traseiro direcional do urbano de 15 metros com sistema eletro-hidráulico.

De acordo com Celso Mendonça, gerente de Vendas de Soluções de Mobilidade da Scania no Brasil, a nova geração de ônibus vai oferecer um custo total de operação imbatível. “Nosso lançamento vai atender as normas de redução de emissões, aumentar a segurança e o conforto e ainda economizar mais combustível colocando mais dinheiro no bolso do operador, tanto do segmento rodoviário quanto do urbano. A nova linha chegará com soluções completas de produtos e serviços para resolver as diferentes necessidades dos clientes. Aliando a correta especificação do produto, conectividade, treinamento dos motoristas e manutenção adequada”, observou.

No tocante aos motores, eles estão mais potentes e econômicos, como informa a Scania. Com configurações entre 9 e 13 litros, 5 e 6 cilindros, suas potências vão de 320, 370, 410, 450 e 500 cv (chassis rodoviários) e de 280 e 320cv, para os urbanos. Também há as opções de 280cv e agora de 340cv (antes era de 320cv) nas pioneiras versões movidas a gás (natural e/ou biometano). Os torques variam de 1.350Nm a 2.550Nm. “Esse superior desempenho ocorre em virtude da introdução do sistema XPI, que possibilita melhor eficiência da combustão com pontos múltiplos de injeção, independentemente da rotação do motor, e garante menor emissão de poluentes e de ruídos”, afirmou Ivanovik Marx, engenheiro de Oferta de Soluções da Scania no Brasil.

Todos os detalhes e informações sobre os novos chassis Scania poderão ser conferidos na edição de agosto da revista AutoBus.

Imagens – Revista AutoBus e Scania

A melhor maneira de viajar de ônibus rodoviário com segurança e conforto

Ônibus movido a biometano, por Juliana Sá, Relações Corporativas e Sustentabilidade na Scania

Posts Recentes

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.